Pressão baixa: Saiba como identificar os sinais e o que fazer para aliviar os sintomas de hipotensão!

Pressão baixa: Saiba como identificar os sinais e o que fazer para aliviar os sintomas de hipotensão!

fevereiro 5, 2019 0 Por Amanda

A pressão baixa, ou hipotensão significa que a pressão arterial está com valores iguais ou menores que 9 por 6 (90 mmHg x 60 mmHg). Em adultos saudáveis, ela costuma não apresentar problemas ou sintomas e geralmente não é problemática, porém algumas pessoas podem ter sintomas como fraqueza, tontura, dores de cabeça ou sensação de desmaio.

A hipotensão pode ser grave em pacientes que estejam em estado de choque causado por infecções graves, perda excessiva de sangue, falência do coração entre outras causas. Nesses casos, o indivíduo  precisa de medicamentos na veia para aumentar a pressão sanguínea e evitar uma parada cardiorrespiratória.

Como identificar

Os principais sintomas de pressão baixa são:

  • Dor de cabeça
  • Tontura e vertigem
  • Sensação de desmaio
  • Dificuldade de concentração
  • Palidez
  • Respiração ofegante
  • Falta de energia e fraqueza nos músculos
  • Visão embaçada ou turva
  • Sonolência
  • Sensação de frio
  • Cabeça pesada e sensação de vazio
  • Boca seca
  • Enjoo
  • Cansaço

E o que fazer?

Os tratamentos variam dependendo da causa, e alguns tratamentos podem ser feitos para reduzir o mal-estar gerada pela pressão baixa.

  • Tomar pequenos goles de água com sal e tomar um café.
  • Afrouxar as roupas principalmente na volta do pescoço, para respirar melhor.
  • Sentar com a cabeça no meio das pernas ou deitar e levantar as pernas, deixando os pé mais elevados que a cabeça e o coração, num lugar arejado e fresco para evitar desmaios. Essa posição faz com que o sangue flua para o cérebro e para o coração de forma mais fácil, o que aumenta a pressão. Deve-se permanecer nessa posição por alguns minutos até os sintomas de hipotensão passarem.
  • Após a pessoa se recuperar, pode-se oferecer um copo de café ou suco de laranja natural, pois eles ajudam a regular a pressão sanguínea.

Além disso, também existem alguns remédios caseiros que podem ser usado para tratar a pressão baixa:

Bebida de alcaçuz

Uma xícara de chá de alcaçuz com duas raízes do lado.

As propriedades do alcaçuz agem no fluxo sanguíneo, o que restabelece os valores normais da pressão arterial. Também melhora as tonturas e a sensação de fraqueza geradas pelo sangramento excessivo.

Ingredientes:

  • 1 xícara de água (250 ml)
  • 1 colher de chá de alcaçuz (10 g)

Modo de preparo:

  • Ferver a xícara de água
  • Em seguida, colocar o alcaçuz
  • Aguardar 10 minutos, coar e tomar
  • Beber uma vez ao dia, diariamente, até resolver o problema
  • Consumir em pequenas doses pois o excesso dessa bebida pode proporcionar efeitos não desejados.

Bebida de pimenta caiena e gengibre

Uma xícara de chá de gengibre com alguns gengibres do lado.

A raiz de gengibre possui a capacidade de melhorar a circulação e tem efeito anticoagulante no sangue. E para intensificar esse efeito, é bom misturar a pimenta caiena, pois ela é rica em antioxidantes.

Ingredientes:

  • 1 colher de chá de pimenta caiena moída (5 g)
  • 3 colheres de chá de gengibre ralado (30 g)
  • 1 xícara de água (250 ml)

Modo de preparo:

  • Primeiramente, ferver a água
  • Depois, acrescentar o gengibre e a pimenta
  • Retirar do fogo e deixar em repouso por 10 minutos e beber em seguida
  • Beber 1 ou 2 xícaras para auxiliar no controle da pressão.

Como medir?

Aparelho de medição de pressão medindo a pressão de um braço com a parte de cima do cotovelo elevada.

Os aparelhos eletrônicos são os mais indicados para medir a pressão, pois são mais fáceis de serem manuseados. Antes de medir a pressão, é importante seguir algumas recomendações: esvaziar a bexiga, não ingerir bebidas alcoólicas e não fumar por pelo menos meia-hora antes de medir a pressão, não fazer exercício físico até uma hora antes da medição, e ficar em repouso de 5 a 10 minutos antes do processo de medição da pressão. Confira o passo-a-passo para usar o aparelho de forma eficaz:

  • Sentar em uma cadeira com a coluna ereta e colocar a braçadeira no braço esquerdo, sem folgas, de 2 a 3 dedos acima da articulação do cotovelo. Existem aparelhos que devem ser postos nos punhos. Não esqueça de conferir o seu aparelho!
  • Manter o braço relaxado, apoiado numa superfície, levantado na altura do coração e virar a palma da mão para cima.
  • Ficar relaxado, não mexer o braço nem falar quando a braçadeira começar a inflar.
  • Quase todos os aparelhos são bem simples de serem usados, bastando apertar um botão para iniciar a medição.

Cuidados

Existem alguns cuidados que evitam crises de hipotensão:

  • Beber de 1 a 2 litros de água por dia (a não ser que o médico recomende outra quantidade).
  • Evitar praticar exercícios físicos de estômago vazio, tomando pelo menos um copo de suco antes da atividade física.
  • Não sair de casa sem tomar o café da manhã.
  • Realizar refeições pouco volumosas a cada 2 ou 3 horas.
  • Evitar locais muito quentes e fechados, e usar roupas leves e fáceis de serem tiradas.
  • Praticar exercícios físicos com frequência, para fortalecer os músculos das pernas e dos braços, pois isso favorece a chegada do sangue no cérebro e no coração.
  • Tomar os remédios para pressão alta adequadamente, sem aumentar as doses orientadas pelo médico.

http://www.scielo.br/pdf/%0D/rbme/v12n6/a03v12n6.pdf

http://www.rbpfex.com.br/index.php/rbpfex/article/viewFile/195/198