Manchas Vermelhas na Pele

Manchas Vermelhas na Pele

novembro 16, 2018 0 Por Fernanda

Manchas vermelhas na pele são comuns, mas podem indicar doenças preocupantes. Fique atento às características e procure um diagnóstico médico o mais rápido possível.

Manchas vermelhas na pele, o que pode ser? Algumas doenças causam este sintoma, como alergias, micoses, o Zika vírus e a rubéola. Se atente aos outros sintomas e, caso eles persistam, não hesite em ir ao médico.

Manchas na Pele que Coçam

Urticária

É um tipo de alergia que pode ser desencadeada por alimentos, picadas de insetos, produtos químicos, estresse, pólen, remédios, processos infecciosos, etc. As manchas vermelhas causam coceira, mas tendem a desaparecer em poucos dias. No entanto, a alergia permanece até o fim da vida, e pode ter mais episódios de recorrência.

Eczema

É uma inflamação na pele que causa manchas vermelhas no corpo, com bastante coceira. É semelhante a uma reação alérgica porque também é provocado por agentes irritantes. Os sintomas podem piorar com o estresse, mudanças de temperatura e se a pele for exposta à água ou ao sol.

Lúpus

É uma doença autoimune que afeta o tecido conjuntivo. As manchas são avermelhadas, coçam, não doem, sofrem alterações com o tempo e surgem principalmente nas orelhas, no nariz e no rosto. O lúpus pode ficar restrito apenas à pele, mas também pode atingir os órgãos internos.

Manchas Vermelhas na Pele que Não Coçam

mulher com manchas vermelhas na pele que coçam

Câncer de pele

Muitas vezes ele causa manchas vermelhas no corpo em áreas com maior exposição solar. Essas manchas não coçam, crescem com o tempo, sangram e são difíceis de cicatrizar. Porém no melanoma, por exemplo, as manchas podem causar coceira e dor. Para identificar qual o caso corretamente, é importante consultar um médico dermatologista, que irá apontar a causa e o tratamento da mancha.

Púrpura Trombocitopênica Idiopática

É uma doença autoimune que atinge as plaquetas do sangue, responsáveis pela coagulação sanguínea. As manchas que aparecem não doem e costumam ser vermelhas arroxeadas. Outros sintomas são sangramentos no nariz, na gengiva e no sistema digestivo e urinário.

Psoríase

Ela provoca manchas vermelhas na pele, que descamam e costumam surgir nos joelhos, nos cotovelos e no couro cabeludo. A psoríase é uma doença inflamatória da pele, não é contagiosa porque tem causas genéticas.

Manchas na pele que não coçam e desaparecem podem ser sinais de alerta. Ao perceber alguma mancha, nova ou que reapareceu, consulte um dermatologista.

Manchas na Pele que Não Coçam nem Doem

Hanseníase

Nesse caso, as manchas podem ser esbranquiçadas, avermelhadas ou em tons de marrom. Elas não doem, e geralmente aparecem em lugares como as costas, os braços, as pernas e o rosto. A hanseníase, também conhecida como lepra, é uma doença infecciosa e contagiosa, causada pelo Mycobacterium leprae. Ela atinge a pele e os nervos periféricos, podendo levar a sérias incapacidades físicas.

Os principais sintomas são:

  • Manchas na pele com alteração na sensibilidade;
  • Comprometimento neural periférico nas mãos, nos pés e no rosto;
  • Dor e sensação de choque;
  • Fisgadas e agulhadas ao longo dos nervos dos braços, mão, pernas e pés;
  • Caroços e inchaços no corpo;
  • Diminuição da sensibilidade e da força muscular dos olhos, mãos, pés;
  • Áreas com diminuição dos pelos e do suor.

Manchas Vermelhas na Pele do Bebê

bebe com manchas vermelhas na pele

O bebê tem a pele muito sensível, por isso é comum que apareçam manchinhas pela pele. No entanto, ao menor sinal delas, é importante consultar a opinião do pediatra, para que o diagnóstico e o tratamento adequado sejam feitos o mais rápido possível. Alguns casos podem ser:

Dermatite alérgica

Apresentam-se manchas avermelhadas que coçam, podendo haver descamação da pele, inchaço e pequenas bolhas no local. Podem aparecer até 48 horas após o contato do bebê com o alérgeno. Para tratar as manchas, evite o contato com a coisa que está provocando a alergia, use cremes emolientes ou pomadas com corticoides, que devem ser prescritas pelo pediatra.

Dermatite de fralda

É comum que alguns bebês sejam alérgicos a determinadas marcas de fraldas. Nesse caso, aparecem manchas vermelhas nas dobrinhas da pele, principalmente nas partes que ficam em contato com a fralda. Para tratar a alergia, use pomadas para assadura que contém vitamina A, porque ela ajuda a regenerar a pele mais rápido. Mude a fralda mais frequentemente, sempre que o bebê fizer xixi ou cocô. Opte pelas marcas de fralda que são adequadas à pele mais sensível.

Brotoeja

As manchas são avermelhadas, coçam e podem apresentar pequenas bolhas também. São mais frequentes no pescoço, abdômen, axilas e pernas, principalmente durante o verão. Para tratar, é importante manter a pele do bebê seca e limpa, vestir roupas frescas e utilizar algum creme para alergia, prescrito pelo pediatra.

Roséola

Manchas pequenas, com a coloração avermelhada ou cor-de-rosa. Surgem frequentemente no tronco, no pescoço e nos braços. Duram por cerca de 7 dias, e pode ser transmitida no contato com a saliva. Para o tratamento, podem ser administrados remédios para a febre, como o Paracetamol, juntamente com banhos de água morna, com uma pano molhado em água fresca na testa e nas axilas.

Manchas vermelhas na pele do bebê pode ser dente: as manchas vermelhas na pele do bebê também podem indicar o início da dentição. O excesso de saliva e as possíveis contaminações podem causar dermatite na pele, com bolhas, coceira e vermelhidão, principalmente nos bebês com a pele mais sensível.

Manchas na pele do bebê que aparecem e somem podem indicar alergias ou condições que já se curaram. Se o aparecimento for frequente, consulte o pediatra.

Manchas Vermelhas na Pele Fotos

Urticária

pessoa com urticaria nas pernas manchas vermelhas

Eczema

eczema, mancha vermelha na mão

Lúpus

mancha vermelha na pele do rosto que não coça

Manchas Vermelhas na Pele do Cachorro

Não apenas nos humanos podem ocorrer as manchas na pele. Quando ocorrem nos cachorros, elas normalmente apontam para uma alergia ou infecções bacterianas e fúngicas. Em alguns casos, pode ser um sintoma de sarna sarcóptica, uma condição bastante comum entre os animais. Caso seu pet apresente alguma mancha fora do normal, procure um médico veterinário.