Clareamento dental realmente funciona?

Clareamento dental realmente funciona?

janeiro 11, 2019 0 Por Ana
Antes de falarmos de clareamento dental devemos falar sobre a importância da saúde bucal. Podemos saber sobre uma pessoa só olhando para os dentes. Se eles são brancos, se são alinhados, se não são separados. Geralmente diz mais sobre a saúde dela do que a estética. O ideal é evitarmos bebidas ácidas, como excesso de café, refrigerante, frutas cítricas em excesso e até mesmo gordura. Primeiro porque elas comprometem a cavidade estomacal podendo causar gastrite e segundo porque comprometem a proteção dos dentes, chamada esmalte.
Com frequência não sabemos a importância de escovar os dentes e passar fio dental diariamente. Além de limpar superficialmente os dentes, escovar os dentes serve para prevenir infecções bucais, limpar restos de alimentos e remover bactérias. Previne doenças como gengivite e previne o mau hálito. À medida que os hábitos mais simples de higiene bucal são seguidos, menor a necessidade de procedimentos estéticos na boca serão necessários. Apesar da higiene bucal ser de extrema importância para a estética dos dentes, o clareamento dental pode melhorar estética e melhorar a autoestima do paciente. Antes do clareamento dental é necessário consultar um dentista para uma avaliação da saúde dos dentes e saber se está apto para o procedimento.
Pessoa escovando os dentes

O que é clareamento dental?

Classificado como um procedimento estético, o clareamento dental é um tratamento feito por um dentista com o objetivo de clarear a cor dos dentes. Considerando que hoje em dia o nosso bem-estar é uma das nossas maiores preocupações e que a autoestima está diretamente relacionada a isto, o clareamento dental pode ser algo que pode mudar a vida de uma pessoa.

Antes e depois do clareamento dental

Há várias formas de clarear os dentes, pode ser feito em casa ou em consultório odontológico. Costuma variar de preço, geralmente os tratamentos caseiros são os mais baratos. Conheça abaixo alguns dos procedimentos que podem ser feitos em casa:

  1. Tratamentos caseiros feitos com ingredientes como carvão ativado, violeta genciana ou até mesmo bicarbonato de sódio (você pode saber mais sobre aqui);
  2. Pastas dentais ou fitas adesivas: funcionam como uma maquiagem para os dentes e os preços costumam ser acessíveis. O resultado pode ser imediato, mas a durabilidade não é permanente e não costuma durar. Geralmente encontrados em farmácias.
  3. Moldes clareadores: feito pelo dentista, estes moldes são acompanhados por gel clareador. É indicado usar de 30 minutos a 4 horas. É tão efetivo quanto o procedimento feito em consultório e pode ser mais acessível.

Um pouco mais caras, os procedimentos feitos em clínicas odontológicas costumam variar entre R$ 500 a R$ 2.000. O resultado pode ser visto até no mesmo dia do procedimento, porém dependendo do tratamento escolhido pode ser necessário mais de uma sessão para alcançar os efeitos desejados. Conheça um pouco mais sobre os procedimentos feitos por dentistas:

  1. Clareamento a laser: funciona com a aplicação de um gel clareador nos dentes e a potencialização do efeito do gel com um laser. Pode ser agressivo para os dentes. Precisa de um longo intervalo entre as sessões para não piorar a sensibilidade nos dentes.
  2. Clareamento com led: mesmo procedimento do laser, porém o led é mais suave que o clareamento a laser.
  3. Clareamento convencional: apenas o gel é aplicado, porém é um gel mais potente que o gel usado nos procedimentos usando luz.
  4. Aplicação de porcelana ou de resina: talvez o procedimento mais caro oferecido para clarear os dentes. Este tratamento é feito pelo dentista e tem efeito permanente desde que seja devidamente cuidado. É uma capa de resina ou porcelana que reveste os dentes do paciente.

Clareamento dental funciona?

Todos os procedimentos de clareamento dental indicados por dentistas funcionam. Com os cuidados básicos qualquer clareamento funciona e dura por um longo período de tempo. Cuidado com procedimentos caseiros e substâncias muito agressivas, como bicarbonato de sódio. A ação oxidante destas substâncias podem corroer a camada protetora dos dentes e provocar um aumento significativo da sensibilidade dos dentes.

Cuidados

Há uma série de cuidados recomendados pelos dentistas após clarear os dentes. São coisas simples que podem ser incorporados na rotina. Confira:

  • Evitar o consumo de alimentos pigmentados como beterraba, chocolate, tomate;
  • Evitar o consumo de bebidas ácidas como refrigerantes, chás e café;
  • Usar canudo para beber sucos, assim evita o contato com os dentes;
  • Escovar os dentes próprios para clarear;
  • Escovar os dentes imediatamente após qualquer refeição;
  • Evite cigarros.

Qual a importância do clareamento dental para a autoestima?

A beleza dos dentes pode influenciar o comportamento de uma pessoa em público. Medo de sorrir perto de pessoas, de comer em público, tudo isto pode ser vergonha dos próprios dentes. Foi cientificamente comprovado que sorrir melhora os níveis de serotonina no corpo e melhora o humor. Pessoas que se privam de sorrir podem ter problemas sérios com a sua própria imagem, podendo desencadear problemas que afetam a saúde mental.

 

 

Fontes:

http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/dicas-saude-bucal.pdf

http://www.uricer.edu.br/site/pdfs/perspectiva/141_395.pdf

http://tcc.bu.ufsc.br/Espodonto247528.PDF